Corrente Russa ou Aussie

Corrente Russa ou Aussie

A busca pelo corpo dos sonhos é mais comum do que muita gente imagina. A dedicação em academias e em uma dieta equilibrada muitas vezes não é o suficiente para alcançar as metas estabelecidas, e exatamente nesse momento é que nós podemos desfrutar da corrente russa.

Procedimentos estéticos é o que não faltam, eles podem oferecer diversos benefícios e modificar medidas do corpo de formas diferentes.

Como funciona?

Ela também pode ser conhecida por eletroestimulação. A corrente russa ou Aussie são procedimentos estético que visam intensificar a tonificação e definição de seu corpo. A intervenção estética é realizada com o auxílio de um aparelho de eletroterapia. A realização da corrente russa ou Aussie ocorre através de plaquinhas de silicone (eletrodos) que são colocadas nas regiões desejadas do corpo.

Essas plaquinhas são ligadas ao aparelho central por meio de fios, os quais possibilitam a movimentação do corpo, que é característica da estimulação e contração muscular. Não há ocorrência de dores e desconfortos, pois possui baixa carga elétrica. A corrente russa está sendo muito adotada para definir os músculos conquistados com exercícios físicos e dietas regulares. Os eletrodos são posicionados nas regiões desejadas a serem estimuladas no corpo, o que proporciona a contração involuntária e assim definindo melhor seu corpo.

Efeitos

A corrente Russa ou Aussie pode proporcionar ganho de força e um sutil crescimento muscular. Esse procedimento é apontado como favorito, se comparado à drenagem linfática. Ele ainda pode contribuir para uma melhor circulação sanguínea. Os desconfortos de flacidez muscular podem ser reduzidos com sessões regulares de corrente russa.

O processo não era indicado para fins estéticos, mas para reduzir fraquezas e impactos de atrofias musculares, mas a descoberta pela eficiência oferecida aos músculos induziu à curiosidade de atletas e praticantes de exercícios físicos que desejavam maior eficiência no processo de modelagem do corpo.

O procedimento proporciona a contração dos músculos, mas para maior eficácia é indicado que as pessoas que se submetam a esse procedimento também contraiam os músculos a serem submetidos, para que assim a região possa ser influenciada da forma desejada.

A Corrente Russa ou Aussie também pode contribuir para a redução de retenção de líquidos.

A Corrente Russa e Aussie favorece à eliminação de toxinas e oxigenação das células, além de tratar edema pós-traumático, agudo e crônico.

Tratamento

O tratamento indicado deve ser feito com pelo menos 30 sessões. Recomenda-se que sejam feitas de 3 a 4 sessões por semana, pois assim os efeitos poderão se tornar mais evidentes e melhor reconhecidos. O numero de sessões recomendado é relativo, pois pode variar de acordo com o condicionamento, necessidade e objetivo particular de cada pessoa.

Dieta equilibrada

Não acredite que a Corrente Russa ou Aussie irá modelar seu corpo de forma milagrosa. O procedimento é indicado para tonificar algumas regiões. Seus benefícios são notados apenas para mulheres que já se adequam a uma alimentação nutritiva e equilibrada.

Exercícios físicos

A tonificação e fortalecimento dos músculos é uma busca comum de praticantes de musculação. Não é uma tarefa fácil ganhar massa magra e reduzir o percentual de gordura. É exatamente por isso que a Corrente Russa deve ser utilizada junto com a prática regular de exercícios físicos. A combinação de hábitos saudáveis com o procedimento estético podem oferecer resultados que você pouco imagina, então o ideal é que haja dedicação plena nos exercícios e nas dietas, pois assim a Corrente Russa ou Aussie otimizará seus resultados e você ficará ainda mais feliz com os resultados conquistados para o seu corpo modelado.

Contra indicações

A Corrente Russa ou Aussie é contra indicada para pessoas que possuem marcapasso e cardiopatias congestivas. Se você possui varizes, embolias, trombose e outras patologias circulatórias, também devem se manter longe do procedimento. Não é recomendado que gestantes se submetam ao procedimento. Se possuir casos de febres, infecções, inflamações, tumores cutâneos e dermatoses, busque outras alternativas para modelar o corpo. Pessoas com epilepsia não devem se submeter à Corrente Russa ou Aussie.

Duração da sessão

A sessão dura em média 20 minutos. O tempo é relativo, pois pode variar de acordo a região a ser submetida.

Onde fazer?

Você pode buscar pela Corrente Russa ou Aussie em clínicas estéticas. Elas disponibilizam seus telefones de contato na internet, então faça uma busca e avalie as condições oferecidas pelos estabelecimentos. Faça uma visita e avalie as referências dos profissionais envolvidos, para que você se submeta de forma mais segura e consciente da qualificação do Profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *